Arquivo para fevereiro \28\UTC 2008

Pílula vermelha: Ta valendo a pena oferecer?

Antes de você ler esse artigo, gostaria de informar que esse blog agora está em um host próprio. O mesmo artigo pode ser lido em: http://codificando.com/2008/02/28/pilula-vermelha-ta-valendo-a-pena-oferecer/. Se você quiser ler aqui mesmo não tem problema, mas as próximas publicações serão feitas apenas no site http://codificando.com/. Um grande abraço.

———————————————————————————-

A área de Desenvolvimento de Software passa por uma grande mudança nos últimos anos. Existe um apelo muito grande na comunidade de desenvolvedores de software para práticas ágeis, menos burocracia e soluções práticas e eficientes para se trabalhar.

Acontece que pessoas com perfil inovador, ou mesmo pessoas mais tradicionais mas de mente aberta, se empolgam facilmente e tentam convencer as pessoas que essas “novidades” são ótimas e que a forma”antiga” com que fazemos as coisas não funciona, ou melhor nunca funcionou de forma decente.

Ai começam os problemas. Por mais incrível que pareça, as pessoas de TI em sua maioria são muito mente fechada, e quando se fala de algo do tipo a maioria delas tem uma resistência enorme e geralmente faz alguma gozação, ou simplesmente menospreza dizendo: “Meu filho, a IBM que criou isso? A Sun? A Oracle? Ah, foi Fulano de tal? quem é esse cara? Não quero saber disso não ..”

Felizmente, encontro pessoas abertas, que ouvem, percebem e ao menos procuram conhecer sobre os assuntos e na maioria das vezes a pessoa passa a entender as mudanças e se tornar adepto.

O problema disso tudo é que em vários momentos tem gente mente fechada que nos enxerga como maluco, quase uma comunidade de anarquistas, algo como se fosse uma rebelião contra o modelo atual. De fato, é uma insatisfação total, pois a coisa já ta mais que provado que não funciona, basta ver os prazos estourando, pilhas de documentos que estão sempre desatualizados e software com qualidade a baixo do aceitável.

Depois de levar tanto fora e ser tratado mau algumas vezes por algumas pessoas, será que ta valendo a pena ainda oferecer a pílula vermelha?

Acho que vou adotar a idéia do Morpheu e evitar oferecer essa pílula para as mentes adultas (Aqui você entende como quiser). Melhor oferecer com mais critério, não pelos mesmos motivos do filme matrix, mas pra evitar desgaste com pessoas, que é muito chato.

Com as mudanças que ocorreram e ainda estão ocorrendo na área de Desenvolvimento de Software, como agile, TDD (Acreditem, apesar de não ser novo tem muita gente que ainda nem sabe o que é isso), SCRUM, etc, é muito comum que as pessoas com perfil inovador, ou mesmo pessoas mais tradicionais mas de mente aberta, se empolguem bastante e tentem convencer bastante gente de que essas mudas são ótimas e que a forma com que fazemos as coisas nas grandes corporações aqui do Brasil, com processos burocráticos, quilos de documentação, metodologias Waterfall disfarçadas de RUP, simplesmente não servem mais, ou melhor, nunca serviram.

Anúncios

Mas eu te disse, eu te disse…

Antes de você ler esse artigo, gostaria de informar que esse blog agora está em um host próprio. O mesmo artigo pode ser lido em: http://codificando.com/2008/02/21/mas-eu-te-disse-eu-te-disse/. Se você quiser ler aqui mesmo não tem problema, mas as próximas publicações serão feitas apenas no site http://codificando.com/. Um grande abraço.

———————————————————————————-

Na década de 70, passava na TV um desenho chamado Carangos e Motocas (Wheelie and The Chopper Bunch). Eu nem era nascido nessa epoca, mas a famosa frase Mas eu te disse, eu te disse… ecoou por algum tempo ainda.

Meu primeiro post deste blog foi sobre a instalação de um componente de GNV no meu carro. Na ocasião, o problema todo foi eu ter feito uma escolha que era performática mas tinha sérios problemas na manutenção. Pois bem ….

Na semana passada, mais precisamente na segunda-feira, meu carro enguiçou próximo a empresa onde trabalho enquanto me deslocava de onde moro até o destino. Em princípio tudo bem, afinal de contas isso são coisas que acontecem. Após colocar o carro em uma oficina próxima onde meu carro parou e ver que o profissional desta não sabia muito bem como resolver meu problema, reboquei o carro até o profissional de minha confiança que sempre fez manutenção do meu carro. Chegando lá, o mesmo detectou rápidamente que o bendito do Chip GNV, que é o que me dava mais performance estava com problemas e misturando os combustíveis. Naquele momento veio a voz interior dizendo: Mas eu te disse, eu te disse, eu te disse, eu te disse, eu te disse…

Tive que levar meu carro na oficina matriz da empresa de GNV, pois como disse no outro post, com o chip só poderia ser visto lá o problema. O pessoal “especializado” jurava de pé junto que não era o chip, mas mesmo assim solicitei que modificassem a instalação para os componentes que as filiais possam dar manutenção.

Não tem nada muito de novo nessa história, tão somente o que eu havia previsto se cumpriu (Eu te disse …). O importante é ver como não pensar em manutenção quase sempre nos dará dor de cabeça no futuro e isso acontece também com nossos softwares.

Tirei duas lições importantes:

  1. Profissional confiável está dificil hoje em dia.
  2. Qualquer produto que for adquirir, pensar em como será a manutenção deste.

A maravilhosa teta chamada SOA

Antes de você ler esse artigo, gostaria de informar que esse blog agora está em um host próprio. O mesmo artigo pode ser lido em: http://codificando.com/2008/02/15/a-maravilhosa-teta-chamada-soa/. Se você quiser ler aqui mesmo não tem problema, mas as próximas publicações serão feitas apenas no site http://codificando.com/. Um grande abraço.

———————————————————————————-

Nos últimos meses, tenho ajudado a empresa onde trabalho a escolher um fornecedor para implantar SOA na casa. Infelizmente, não nos está autorizado a fazermos nós mesmos. Os fornecedores escolhidos pela empresa para nossa avaliação, são quase todos fornecedores [A-Za-z]{3}.

Tenho percebido de maneira geral que a maioria desses fornecedores não conhece muito do que nos tem apresentado. Uma simples pergunta sobre Message Broker e ninguém, absolutamente nenhum dos fornecedores soube responder direito. Na verdade, alguns deles confundiram com o produto Message Broker da IBM e outros com ESB.

Teve uma outra empresa, que não posso mencionar o nome por motivos óbvios, que conseguiu vender um projeto SOA aqui dentro, que não era nada mais que instalar um ESB, um servidor de processos e fazer um sisteminha de referência e só !!!! O Pior de tudo é que ganharam uma grana preta com isso.

O fato é que está muito difícil opinar sobre qual fornecedor a empresa deve confiar o “projeto” SOA, e o cenário atual, com a pressão vinda de cima pra baixo para implantar alguma coisa de SOA, só porque está na moda e sem as vezes nem entender o que é, faz como que muitos fornecedores consigam essa maravilhosa TETA pra mamar nas grandes corporações.